TARRAFAL DE SÃO NICOLAU: Edil desarma oposições (atualizado)

Escrito por Editor JSN . Publicado em São Nicolau

José Freitas de Brito trocou as voltas ao PAICV e mesmo às vozes no interior do MpD que estão a cozinhar-lhe uma nova oposição no Tarrafal

 



A assembleia municipal do Tarrafal de São Nicolau reuniu-se esta terça-feira, 6, na sua quarta sessão ordinária, com os trabalhos a terem momentos de alguma tensão política, tudo por causa da decisão do presidente da câmara municipal em desprofissionalizar o vereador Elton Sequeira, desde janeiro.


Inicialmente, José Freitas de Brito entendeu promover dois outros vereadores que estavam a meio tempo a tempo inteiro, mas jogos de bastidores atrapalharam as contas do autarca que teve de usar da sua inteligência política para desarmar as oposições que se anunciavam.


Cedo, houve indicações de que a decisão de desprofissionalizar o vereador não era consensual e que poderia haver retalhações.


As oposições se preparavam para bloquear a profissionalização de dois vereadores e a acontecer estaríamos perante um impasse político já que a referida proposta não foi consensual no seio do próprio MpD, com pelo menos dois deputados a não alinharem a sua posição com a decisão da bancada.


Com os trabalhos a decorrer no centro cultural da Cidade do Tarrafal, as partes envolvidas no processo faziam o trabalho político.


Em simultâneo, havia um frenesim de contatos paralelos entre elementos das duas bancadas para inviabilizar a proposta da câmara municipal acerca da profissionalização dos vereadores.


Alertado para o impasse que poderia ocorrer em caso de não assegurar o apoio total da sua bancada na matéria – e com o PAICV a dar sinais de aproveitamento da situação - o presidente da câmara municipal trocou as voltas às oposições e retirou, em cima da hora, a sua proposta, o que deixou a bancada do PAICV de cabelos em pé, e estranhamente, aquela oposição a insistir na manutenção da proposta.


José Freitas de Brito assumiu que a questão em torno dos vereadores “é polémica” mas que a posição da câmara não iria mudar ainda que fosse notória “uma clara tentativa da oposição e alguns outros segmentos políticos em tirar proveito da situação”.


Neste seu aviso às oposições, o edil confirmou a retirada da proposta de profissionalização a tempo inteiro de dois novos vereadores – que continuam a meio tempo – mas a desprofissionalização do seu número 2, Elton Sequeira, mantinha-se “nos termos do despacho emitido em janeiro”.


Esta decisão alterou o rumo das coisas. O PAICV que já fazia as contas para (ajudar a) chumbar a proposta foi literalmente desarmada assim como a oposição interna no MpD.


O deputado Nelson Spencer, do PAICV, chegou mesmo a solicitar interrupção dos trabalhos para, alegadamente, concertar posição política mas a decisão da câmara manteve-se, com o presidente da assembleia municipal a lembrar que a decisão de escolher como vereadores a meio tempo ou tempo inteiro é da competência do presidente da câmara.


Ou seja, Tarrafal continua com um vereador a tempo pleno (Adildo Soares) e dois a meio tempo (Dirce Cabral e Adir Cruz), ficando Elton Sequeira sem pastas e em regime de não afetação.


Acusações


Estranhamente, a questão do vereador Elton Sequeira chegou à assembleia pela voz de um deputado do MpD, Danísio Soares, que instou informações sobre esta polémica.


Secundado pelo PAICV, o tema aqueceu os trabalhos com o vereador a tecer duras críticas ao edil a quem acusou de desviar fundos da autarquia, de ser um “homem imoral” e “desonesto”, mas Freitas de Brito não alimentou essa polémica e apenas disse que em sede própria, no tribunal, Elton Sequeira deverá provar as suas acusações.


Outros temas


Fora esta polémica, os eleitos puderam apreciar o relatório de atividades referente ao ano económico de 2017, com avaliações diferentes das duas bancadas e com a edilidade a garantir realizações em torno dos 60 e 70 por centos.


Discutida foi ainda uma proposta de atribuição de nomes a ruas, avenidas e travessas no município, proposta que contou com 7 votos favoráveis, 5 contra e uma abstenção.   

 

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)