FCF remete caso Ultramarina Mindelense ao Conselho Disciplina

Escrito por Editor JSN . Publicado em São Nicolau

A direção da Federação Cabo-verdiana de futebol, FCF, reagiu e remeteu o caso da não realização do jogo entre os campeões de São Nicolau e São Vicente ao conselho de disciplina para procedimento disciplinar e consequente enquadramento dos fatos nas penas disciplinares que ao caso couber

 


Após o segundo adiamento consecutivo do jogo ente Ultramarina e Mindelense, não foi possível a realização do jogo da primeira mão das meias-finais do campeonato nacional de futebol.


As chaves do portão do estádio não apareceram e as equipas não puderam realizar o jogo que estava agendado para a tarde de ontem, terça-feira.


Num comunicado enviado à imprensa, a direção da FCF assegura que remeteu ao conselho de disciplina os relatórios do jogo, entretanto não realizado, da arbitragem e dos delegados ao jogo, para procedimento disciplinar e consequente enquadramento dos fatos nas penas disciplinares que ao caso couber, nos termos do artigo 21.º do regulamento de disciplina.


Segundo a nota, a equipa do Ultramarina pode ser penalizada com uma advertência, repreensão registada, multa, indemnização, derrota, desclassificação, baixa de divisão , suspensão e até interdição temporária do campo de jogos.


A FCF suspendeu, provisoriamente, o estádio Orlando Rodrigues, não realizando nele qualquer prova e/ou jogo oficial organizado ou reconhecido pela FCF, enquanto decorre o processo.


Entretanto, o jogo da segunda mão das meias-finais, entre o CS Mindelense e o FC Ultramarina, no domingo, dia 2 de julho, às 16h, no Mindelo, mantêm-se.


CLS

 

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)