PAICV acusa câmara da Ribeira Brava de fazer “gastos exagerados”

Escrito por Editor JSN . Publicado em São Nicolau

Em reunião descentralizada da assembleia municipal, eleitos estiveram reunidos em Fajã de Baixo com a conta de gerência de 2016 em análise

 


O PAICV, na oposição, acusa a gestão partilhada do GIR-b e MpD na câmara municipal da Ribeira Brava, São Nicolau, de fazer “gastos exagerados” em apenas três meses de gestão municipal.


“Esta câmara precisa de muita assessoria”, observou um responsável local do PAICV, para quem apenas o Tribunal de Contas, a seu tempo, poderá confirmar o que ele considera de “autênticas brincadeiras”.


Antonino Pascoal olha com desconfianças para os números apresentados pela equipa liderada por Pedro Morais (GIR-b).


Entretanto, as bancadas que suportam o executivo (GIR-b e MpD) reagem com alguma tranquilidade ao início de funções da nova gestão municipal.


A representante do GIR-b na assembleia municipal reconhece mesmo que nestes seis meses não se registou “muitas realizações”, mas admite que a prioridade do presidente foi para aspetos internos, nomeadamente, conhecer a casa. Do seu lado, o representante do MpD considera “normal que haja algum desgaste” no início do mandato.


A conta de gerência de 2016 esteve a ser apreciada, em reunião descentralizada ocorrida em Fajã de Baixo.

 

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)