Delegada do ME do Tarrafal diz que preparação para o arranque do ano lectivo decorre normalmente

Escrito por Editor JSN . Publicado em São Nicolau

A delegada do Ministério da Educação do Tarrafal de São Nicolau, Ivanilda Spencer, garante que a preparação para o arranque do ano lectivo 2016/2017, agendado para 19 de setembro decorre de forma normal

 


Ivanilda Spencer avança que já reuniu com a nova diretora da Escola Secundária Pedro Corsino de Azevedo e os gestores das escolas básicas do município com vista a preparação metodológica, que acontece esta semana.


A nossa entrevista adianta também que já encontrou com os novos coordenadores que já começaram a planear as atividades que vão decorrer no primeiro trimestre deste ano lectivo.


Quanto as atividades, a delegada diz que já agendaram encontros com a comunidade educativa, para apresentar a equipa de coordenadores, a diretora da ESPCA e os gestores das escolas básicas do Tarrafal.


“Pretende também realizar encontros em todas as localidades com os pais e encarregados de educação para sensibiliza-los para inteirarem da vida escolar dos seus filhos”, explica.


No que toca as infraestruras escolares, Ivanilda Spencer afirma que várias escolas precisam de atenção, e algumas com urgência, nomeadamente as escolas de Cabeçalinho, Ribeira Prata, Praia Branca e Hortelã.


“Estamos a estudar estratégias para reduzir a taxa de abandono e insucesso escolar, então já fizemos um primeiro contato e faremos posteriormente outros contatos”, sustenta.


Sem precisar dados, a delegação do Ministério da Educação no Tarrafal quer diminuir a taxa de abandono escolar no município, por isso Spencer e a sua equipa já estão a elaborar estratégias para isso.


A delegada informa que já entrou em contato com o responsável do Centro de Saúde para ministrar pequenas palestras com os alunos da ESPCA, com o objetivo de alerta-los sobre os riscos que correm ao iniciar uma vida sexual na adolescência, “para ver se conseguimos reduzir taxa de gravidez na adolescência”. O insucesso escolar é outro problema que essa equipa quer resolver, por isso vai procurar parceiros para reduzir essa taxa.


Durante esta semana a delegada vai apresentar a nova equipa, socialização das orientações do Ministério da Educação para o ano 2016/2017, apresentação do programa do Governo para a nona Legislatura, pequena formação Consulting de pessoas em situação de vulnerabilidade, recolha de subsídios para atividades do inicio do ano lectivo, entre outras atividades.


Ivanilda Spencer acredita que se os alunos tiverem um melhor acompanhamento dos pais e encarregados de educação a taxa de abandono e insucesso escolar irá diminuir.


Por isso apela aos pais e encarregados de educação, para fazerem parte da vida escolar dos filhos de uma forma ativa. “Ajuda-los a estudarem em casa, ver se estão a fazer os trabalhos de casa, acompanhar a vida escolar dos filhos”.

 

AC

 

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)