São Nicolau já tem bombeiros voluntários

Escrito por Editor JSN . Publicado em São Nicolau

Um grupo de 31 jovens de São Nicolau concluiu este sábado a formação em bombeiros. A conclusão da formação serviu para uma demonstração prática do que se aprendeu durante estes dias

 

 

A formação que teve como principal objetivo suprir a carência de recursos humanos qualificados nessa área, foi avaliada de forma positiva pelo comandante regional de Proteção Civil e Bombeiros para as ilhas d Santo Antão, São Vicente e São Nicolau, Valindo do Rosário que observou que de um geral a referida formação "foi positiva" estando os formando "aptos para qualquer solicitação". O comandante garante que os objetivos preconizados n início deste projeto "foram compridos".


Valindo do Rosário adianta que agora os formandos têm que continuar a desenvolver o mesmo espírito de sacrifício e de empenho que demonstraram durante todo esse tempo de formação.


O dirigente enaltece o empenho dos formandos e recorda o elevado número de inscritos para esta primeira ação de formação na ilha.


O formando Gil Delgado afirma que com essa formação acabou por ampliar o seu conhecimento e diz estar apto para o trabalho na área da proteção civil. Agora "tenho mais visões e estou melhor preparado para ajudar a população de São Nicolau”, sustentou.


O nosso interlocutor diz ter aprofundado melhor os seus conhecimentos no pré-hospitalar e afirma que ser bombeiro "é dar vida por vida".


Durante a formação de 150 horas, foram ministrados diversos módulos, como fenomenologia da combustão, noções gerais de construção civil, orografia, marcha geral de operações, combate incêndios em espaço confinado e com fogo real, combustíveis e planos de emergências, salvamento aquático, primeiros socorros, conhecimento sobre voluntariado, decreto-lei, que orienta a prática de voluntariado em Cabo Verde, ética profissional e inteligência emocional, entre outros.


Recorda-se que a iniciativa é do corpo nacional de voluntários, em parceria com várias com instituições públicas e privadas da ilha, nomeadamente, as câmaras municipais.

A cerimónia de encerramento aconteceu esta manhã na Cidade do Tarrafal no largo do Cimentinho e contou com a presença do presidente do serviço nacional de proteção civil e bombeiros, o comandante regional da proteção civil, autarcas da ilha, representantes do corpo nacional de voluntários de Cabo Verde, autoridades locais entre outras.


 

 

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)