Brevemente São Nicolau será completamente electrificada - Primeiro-Ministro

Escrito por Editor JSN . Publicado em São Nicolau

O primeiro-ministro, José Maria Neves, disse hoje no ato de inauguração da central eléctrica única, que a ilha do de São Nicolau estará completamente electrificada nas próximas semanas

 


No seu discurso inaugural o primeiro-ministro, José Maria Neves adiantou que nos últimos meses investiram mais de 120 milhões de euros (mais de 12 milhões de contos) em infra-estruturas no domínio da energia eléctrica com o objetivo de aumentar a produção e melhorar substancialmente o transporte e a distribuição da energia eléctrica em todas as ilhas do país.

José Maria Neves lembrou que quando em 2001 assumiram o governo cerca de 50% do país estava coberto por redes de distribuição de energia. “Hoje 96% do país já está coberto e com as novas inaugurações no primeiro semestre de 2016, 100% do país estará coberto com energia eléctrica”, frisou.

O chefe do Governo garantiu que em breve São Nicolau estará 100% electrificada. “Daqui a pouco estaremos em Ribeira Prata e nas próximas semanas a luz chegará a Fragata e estaremos a 100% com cobertura de energia eléctrica em São Nicolau”, afirmou.

Segundo Neves estes investimentos do governo foram para combater as desigualdades e as assimetrias regionais.

A Central Única de São Nicolau foi construída de raiz, em Cacimba, na cidade do Tarrafal, no quadro do projeto de reforço dos sistemas de produção, do transporte e distribuição de energia, e está equipada com novos equipamentos geradores de energia eléctrica.

Foram instalados dois novos grupos electrogéneos de 1000 kW, cada. A esta potência acresce-se 1500kW de outros três grupos electrogéneos que estavam em funcionamento, na cidade do Tarrafal, totalizando uma potência de 3500 kW. A rede de distribuição foi também ampliada e reforçada levando a electricidade a novas localidades.

O projeto custou do Governo cerca de 365 mil contos e contou com financiamento em 42,9% do montante global pela OFID (OPEC Fund for International Development), 44,2% pela ORET (Cooperação Holandesa) e 12,9% pelo BIDC (Banco de Investimento e Desenvolvimento da CEDEAO).

Antes da inauguração da central única, José Maria Neves inaugurou a estação de bombagem fotovoltaica de Praia Branca. Uma infraestrutura, que visa captar água subterrânea a 120m de profundidade, por meio de uma bomba elétrica ligada à rede elétrica pública para a prática de agricultura na localidade.

 

AC

 

 

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)