Recenseamento decorre “normalmente” no Tarrafal

Escrito por Editor JSN . Publicado em São Nicolau

A garantia é do presidente da CRE que garante não haver grandes condicionamentos ao trabalho da comissão




Os trabalhos de recenseamento eleitoral no município do Tarrafal de São Nicolau estão a decorrer sem sobressaltos e a Comissão de Recenseamento Eleitoral (CRE) “funciona normalmente”. A garantia é do próprio presidente do organismo que confirma haver um único ‘kit’ de recenseamento que é utilizado na sede da CRE e nas deslocações ao interior do concelho para recensear as pessoas.

Sendo 2015 um ano pré-eleitoral, a tendência é para inscrever um maior número de pessoas comparado com os anos de 2012, 2013 e 2014 em que praticamente não se registou ninguém na CRE. Para além dos novos inscritos, a CRE olha para os estudantes nas outras ilhas e ou no estrangeiro como potenciais eleitores.

A comissão de recenseamento tem um plano de ação e aposta da divulgação das suas atividades como forma de sensibilizar as pessoas para o recenseamento. “Passamos spot na rádio, usamos as redes sociais, temos feito campanhas de sensibilização nas escolas, temos feito saídas para todas as zonas para fazer a recolha”, adianta João Rodrigues, presidente da CRE.

As associações comunitárias, as igrejas e os próprios partidos políticos são outros parceiros neste trabalho de recenseamento, adianta o nosso entrevistado.

Até dezembro, a CRE tenciona promover mais uma deslocação às comunidades do interior para recensear pessoas.

A meta é aproximar dos 3.800 inscritos. Até o momento há cerca de 300 novos inscritos.

 


AC

 

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)