Civismo marca as duas noites no areal

Escrito por Editor JSN . Publicado em São Nicolau

A Câmara Municipal do Tarrafal de São Nicolau avaliou positivamente o Festival de Praia d'Tedja 2015. Em comunicado de imprensa a organização fala em sucesso, e que o público foi extraordinário e tudo terminou lindamente, garantindo que em 2016 há mais

 


Tal como na noite anterior o segundo e último dia do festival de música da Praia d’ Tedja ficou marcado pela extraordinária colaboração do público que a nível do civismo deu exemplo de que é possível congregar pessoas diferentes num único espaço e confraternizar. A organização está satisfeita com a postura de quantos aderiram ao festival e reconhece que se trata de um exemplo de maturidade do próprio Tarrafal enquanto Município que por estes dias assinala o 10.º aniversário.

O festival manteve a aposta das edições 2013 e 2014, e ficou também marcado pelo cumprimento escrupuloso do horário, um sinal de orgulho e respeito para as pessoas.

Grandes artistas

A organização apostou num cartaz de luxo, numa diversificação de artistas que emprestaram mais qualidade ao evento cuja produção executiva é da própria Câmara Municipal através dos seus Colaboradores.

Na linha da primeira noite, o segundo dia do festival pôs em palco artistas cujo curriculum fala por si.

Nill Almey, com seus estilos hip-hop, inaugurou o palco sensivelmente às 21 horas, tal como anunciado pela organização e teve um show de aproximadamente uma hora e contrariou a lógica de que santos da casa não fazem milagres. Não fez, na verdade, no sentido estrito da palavra, mas granjeou a simpatia do público que o aplaudiu entusiasticamente durante a sua apresentação.

Homenagem às vítimas da Prainha

A maioria dos artistas que passaram pelo palco não esqueceu os adolescentes da Prainha, cuja vida fora-lhes roubado pelo infortúnio de 2 de agosto e rendeu-se homenagem em vários momentos do festival. Realçamos a homenagem de Tito Paris – uma das caras da UNITEL T+, patrocinadora oficial do festival – que para além de recordar as vítimas, acrescentou homenagem às mães que perderam seus filhos, dedicando-lhes o tema “mãe querida” em que o público cantou em coro, entre aplausos.

Ausência

Juka, o cantor são-tomense, anunciado para a segunda noite, afinal não veio ao festival, uma ausência justificada por dificuldades de conexão aérea entre Boa Vista/Praia/Sal e São Nicolau. O artista atuou na sexta-feira no festival da Praia d’ Cruz e no sábado deveria chegar por volta das 16 horas, entretanto houve alteração do horário de voo entre Sal Rei e Praia, por razões atmosféricas, e o cantor não chegou à Praia a tempo de apanhar a conexão para São Nicolau.

Contratempo

O único contratempo registado no festival ocorreu por volta da uma da manhã quando a chuva fez uma incursão, levando a uma suspensão das atuações quando estava em palco a banda Pedragal que teve de interromper o seu show mas o público não arredou do areal e manteve-se presente. Essa paralisação motivou um atraso no fecho do festival que foi concluído sensivelmente às 8h18, ao ritmo reggae do África Rainbow.

Novidade

O festival serviu ainda para anunciar a ideia de um projeto do artista Kino Cabral que revelou estar a idealizar a construção de um estúdio de gravação em São Nicolau que ele deseja instalar no Município do Tarrafal. Kino que revelou ser fã do Mestre Paulino Vieira disse estar convicto de que o seu projeto será uma mais-valia para a cultura da ilha e foi bastante aplaudido sobretudo quando admitiu que São Nicolau sofre com a falta de oportunidades. “Quero vos apoiar também”, anunciou.

Nota máxima

Embora suspeita para avaliar o seu próprio trabalho, a organização atribui nota máxima à edição deste ano do festival de música da Praia d’ Tedja, na medida em que todos os dados apontam para níveis de sucesso. Que o confirmem as pessoas, as autoridades como a Polícia Nacional, o Centro de Saúde e a Cruz Vermelha que também associaram ao evento que teve honras de transmissão na Rádio Pública Nacional, RCV, e através das rádios comunitárias do Tarrafal e da Ribeira Brava.

No próximo ano de 2016 há mais, garantidamente.

 

 

 

 

 

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)