SALA MULTIMÉDIA: Tarrafal está mais ligado ao mundo

. Publicado em São Nicolau

Cinco computadores, um plasma e impressora são os equipamentos colocados agora à disposição das pessoas, particularmente dos jovens. O espaço, integrado numa Biblioteca Municipal de cara lavada, vai democratizar o acesso à Internet


 

José Freitas de Brito e Manuel Inocêncio Sousa inauguraram, ao final da tarde desta quarta-feira, 17, a Sala Multimédia do Tarrafal de São Nicolau, decorrente de uma parceria entre a autarquia e a CVMóvel. Um ato público que contou com a presença de eleitos municipais das duas bancadas (MpD e PAICV), do deputado nacional Nelson Brito, de vereadores, funcionários da autarquia, professores e membros de associações comunitárias e que, paralelamente, deu lugar a um workshop subordinado ao tema “A Internet: introdução às Tecnologias de Informação e Comunicação”.

A nova infraestrutura, instalada na Biblioteca Municipal (Centro Cultural Paulino Vieira) dispõe de cinco computadores com ligação à Internet, plasma e impressora, equipamentos que estão agora à disposição da população do Tarrafal, particularmente dos jovens.

Humanização das bibliotecas

Em breves palavras Manuel Inocêncio de Sousa começou por sublinhar o facto de as autarquias de São Nicolau (Ribeira Brava e Tarrafal) terem decidido integrar as salas multimédia nas instalações das respetivas bibliotecas municipais, o que considerou, “uma solução muito feliz”. Para o presidente do Conselho de Administração do Grupo CVTelecom, com essa solução está-se a potenciar a “humanização das bibliotecas”.

“Esta parceria com a Câmara Municipal do Tarrafal está no contexto da contribuição da CVMóvel para o desenvolvimento da sociedade de informação. Enquanto tributários da licença de 3G, assumimos o compromisso, perante o Estado, perante a Agência Nacional das Comunicações, de desenvolver um programa de apoio à sociedade de informação de Cabo Verde”, disse Manuel Inocêncio Sousa, justificando a parceria que se vai estender a todos os municípios do país.

Com os centros multimédia a CVMóvel pretende “facilitar o acesso à população em geral, às pessoas que têm mais dificuldades em dispor de um terminal, que possa permitir o acesso à Internet”, disse ainda Inocêncio, adiantando que “para além deste projeto, pretendemos fazer uma parceria com a câmara, concedendo uma tarifa especial para facilitar o acesso” e garantir a “igualdade de acesso” a todos os cidadãos.

Democratizar o acesso à Internet

José Freitas de Brito disse que a câmara abraçou desde logo este projeto quando, um ano atrás teve ocasião de conversar com o PACA do Grupo CVTelecom e sublinhou que a ideia de colocar a Sala Multimédia na biblioteca decorre também de protocolos que irão ser assinados com a UCCLA [União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa] e a Fundação Mário Soares para que no Tarrafal se possa ter acesso às bibliotecas digitais dessas instituições. Um projeto a ser colocado, fundamentalmente, à disposição dos estudantes do município para a sua formação.

O edil espera que “esta parceria com a CVMóvel possa vir a estender-se a outras localidades”, democratizando o acesso à Internet e colocando o Tarrafal ligado ao mundo.

 

Leia ainda na edição de hoje: Entrevista com Manuel Inocêncio Sousa

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)