CAMINHO DE SANGALA: Mais uma promessa não cumprida

. Publicado em São Nicolau

Por três vezes a promessa foi feita pelo edil da Ribeira Brava. A última ocorreu em abril e, na ocasião, Américo Nascimento garantiu que o caminho desta zona da Fajã estaria pronto em junho. Chegados ao último dia do mês, os moradores viram confirmada a premonição de uma residente: “Ele promete tanto que nós acabamos por não acreditar em nada”


 

Em 8 de abril último o presidente da Câmara Municipal da Ribeira Brava assumiu o compromisso de o caminho de Sangala, na Fajã, estar pronto este mês de junho. Na ocasião, Américo Nascimento disse expressamente tratar-se de “uma reivindicação antiga da população daquela zona” e que “uma das prioridades do executivo camarário para este ano é o melhoramento das vias de penetração nas várias zonas do concelho”. O autarca desse ter estabelecido uma parceria com a empresa portuguesa Mota-Engil, responsável pelos trabalhos da barragem da Fajã. No entanto, neste último dia do mês, não há qualquer sinal do início da obra.

Já ninguém acredita nas promessas do edil

Por essa altura, o site da autarquia reproduzia as palavras do edil “a Câmara Municipal já está a envidar esforços para iniciar os trabalhos que visam melhorar o acesso carroçável em Sangala, na zona de Fajã, pretendendo que a intervenção esteja concluída em junho do corrente ano”. Uma promessa, porém, que os habitantes de Sangala não levaram a sério. “Ele promete tanto que nós acabamos por não acreditar em nada”, disse então ao JSN uma moradora do caminho de Sangala, senhora Josefa. Palavra premonitórias, sem dúvida.

A construção do caminho é uma promessa antiga que remonta à campanha eleitoral de 2008 e foi retomada em 2012, também durante a campanha, uma velha aspiração dos moradores que, agora, se vê mais uma vez frustrada. No entanto, segundo uma testemunha, o diretor do Gabinete Técnico da autarquia esteve, dias atrás, em Sangala, mas não há nenhum sinal de que os trabalhos se irão iniciar para já.

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)