Cabo-verdiano Edson Tavares condenado a 10 anos de prisão em Itália

Escrito por Editor JSN . Publicado em 11ª Ilha

Pena está relacionado com um caso que envolveu uma modelo, ex- miss Itália cujo rosto ficou desfigurado depois de lhe ter sido atirado ácido



 
O cabo-verdiano Edson Lopes que em janeiro deste ano, desfigurou o rosto da ex- miss Emilia Roana Gessica Noroto, de 28 anos, foi condenado na última sexta-feira, pelo tribunal de Rimino, Itália, a uma pena de prisão de 10 anos e deverá ressarcir a vítima com um valor na ordem dos 230 mil euros. O mesmo tribunal decidiu pela expulsão do jovem do território italiano.



O tribunal considerou de “grave” a intenção do arguido considerando que o mesmo premeditou o crime por motivos “fúteis e crueldade”.



A defesa do cabo-verdiano contesta a acusação e já fez saber que vai recorrer da mesma e alega que o processo foi alvo de “pressão mediática”, exercida “sobretudo pela parte ofendida”.

 

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)